sábado, 2 de agosto de 2008

Netbeans 6.1 com C/C++ : Configurando um projeto para utilizar GTK

.
[ ATENÇÃO!! coloquei uma forma muito mais fácil neste post. Porém este post contém algumas imagens que podem ainda ser úteis ]

Siga esses passos para configurar o NetBeans 6.1 para compilar programas usando GTK. Estou admitindo que seu sistema já tem as bibliotecas necessárias instaladas (se não tiver, use o synaptic para instalar a biblioteca libgtk2.0-dev e suas dependências). Também estou admitindo que seu NetBeans tem o pacote para desenvolvimento C/C++:

1) Prepare um arquivo texto (chamei de "parametros.txt') com os parâmetros necessários (diretórios de includes e bibliotecas, e nomes de bibliotecas). Isso é feito, no terminal, utilizando o comando:

pkg-config --cflags --libs gtk+-2.0 > parametros.txt


2) Crie um novo projeto:

menu file | new project

3) Escolha C/C++ em categories, e C/C++ Application em Projects.

4) Preencha com os dados do projeto: nome e diretório onde será armazenado.

5) O projeto é criado, por padrão, para utilizar as ferramentas de debug. Para alternar entre essas formas de compilação (modos Debug ou Release), acesse:

build | set main project configuration

Escolha "release" se você não quiser informações de debug. Utilize essa opção apenas quando seu programa já estiver pronto! Para maiores detalhes sobre os modos de compilação, veja o post anterior.

6) Vamos agora definir os parâmetros de compilação específicos para uso da GTK, isto é, inserir no NetBeans os dados do arquivo "parametros.txt":

file | "nome_do_seu_projeto" properties , ou clique com o botão direito no nome do projeto, e escolha "properties".


Na janela que vai abrir, clique em "C compiler", debaixo de "build" (lado esquerdo da janela).


Neste momento, note a primeira linha da janela, tem um campo escrito "configuration: debug (active)". Isto significa que qualquer modificação só estará valendo para a compilação no modo Debug. Devemos trocar para "all configurations", ou seja, as configurações que faremos aqui valerão para qualquer tipo de compilação (Debug ou Release). ATENÇÃO! NAS TELAS ABAIXO, ESTE CAMPO DE CONFIGURAÇÃO APARECERÁ COMO "DEBUG", MAS O CORRETO É ESTAR COMO "ALL CONFIGURATIONS" !

Vamos preencher o item "include directories", dentro de "general" (clique no botão com três pontinhos a direita). Vai abrir uma janela para definição dos diretórios onde estão os includes (arquivos *.h).

7) Abra o arquivo "parametros.txt". Para cada item que iniciar com -I (traço mais letra "i" maiúscula), faça:

7.1) clique no botão "add";
7.2) copie o diretório (sem o "-i") no campo "file name" (dica: se você usar control-X, ao invés de control-C, os diretórios vão sumindo do arquivo "parametros.txt", e aí você vai controlando quais você já fez);
7.3) clique no botão "select";




Ao final, clique "OK".

8) Clique em "Apply".


9) Clique em "linker", ainda debaixo de "build". Depois, "libraries" embaixo de "libraries".


10) Clique em "add option". Na janela que vai abrir, escolha "other option".

11) Copie o resto do conteúdo do arquivo "parametros.txt" (itens que começam com "-l", traço mais letra éle minúscula) para esta janela, INCLUINDO os "-l".



12) OK ... Apply ... OK

13) Está pronto! Segue um pequeno programa GTK pra testar. Este programa gera uma janela vazia. Apesar da janela fechar quando clicamos no "x", o programa continua rodando, pois precisaríamos dotar o programa de uma resposta ao evento "fechar janela" (mas isso é papo pra depois...). Para fechar o programa, basta fechar o terminal que o NetBeans vai abrir para mostrar a janela.

#include stdio.h
#include stdlib.h
#include gtk/gtk.h
[ atenção!! colocar os sinais de menor e maior nas linhas acima!!!]

int main(int argc, char** argv)
{
GtkWidget *window;

gtk_init (&argc, &argv);

window = gtk_window_new (GTK_WINDOW_TOPLEVEL);
gtk_window_set_title (GTK_WINDOW (window), "Alou, Mundo!!");
gtk_widget_show (window);

gtk_main ();
return (EXIT_SUCCESS);
}


Pronto! Seu projeto está preparado para compilar programas que utilizem a biblioteca GTK, tanto no modo Debug quanto no modo Release.

Grande abraço!

Carlão

3 comentários:

Ricardo Oliveira disse...

Muito obrigado pelo tutorial sobre como compilar gtk com o netbeans...
...Ajudou MUUUUUUUUITO!!!

Abraço!

Carlos José disse...

Oi Ricardo,
Que bom que gostou!
Acompanhe o blog, tá meio parado, mas em breve teremos novidades ligadas a gtk e gnome...
Abraços
Carlão

Ricardo Oliveira disse...

Com certeza Carlos. Agora que eu descobri o blog, e ainda mais sabendo que é difícil encontrar algo sobre o assunto o que dificulta muito para iniciantes como eu, vou estar sempre por aqui. Obrigado pela iniciativa e pelo ótimo trabalho.
Abraço.